Plano de Pastoral

DIOCESE DE PIRACICABA- S.P
 6º Plano de Pastoral - 2011 A 2014



OBJETIVO GERAL

Evangelizar,
a partir do encontro com Jesus Cristo,
como discípulos missionários,
à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres,
promovendo a dignidade da pessoa,
renovando a comunidade,
participando da construção
de uma sociedade justa e solidária,
“para que todos tenham Vida
e a tenham em abundância” (Jo 10,10).
(DGAE 2008-2010)


CARTA DE EXORTAÇÃO DO SENHOR BISPO
DOM FERNANDO MASON

Ao Povo de Deus da Diocese de Piracicaba

Aos reverendos padres, diáconos, religiosos, religiosas e seminaristas
Aos leigos engajados em atividades comunitárias, às pastorais e movimentos
A todas as comunidades paroquiais e locais
A todos os fiéis que buscam seguir catolicamente os passos de Jesus Cristo

Nossa Igreja Diocesana viveu, nestes últimos três anos, um processo a que chamamos de "Revisão Ampla". Foi como que um "autoestudo" ou algo parecido com um "sínodo diocesano", que nos levou a identificar pontos prioritários de nossas ações pastorais, com, inclusive, a criação de "comissões" que acompanharão a implementação delas.
Foi também a oportunidade de rever os estatutos e regimentos das diversas instâncias organizativas da diocese, tais como o do Conselho Diocesano de Presbíteros, Comissão Diocesana dos Diáconos, o do Conselho Diocesano de Pastoral (CDP), o das Regiões Pastorais, o dos Conselhos Paroquiais Pastorais (CPP) e o dos Conselhos Paroquiais de Assuntos Econômicos (CAEP).
Trata-se da "revisão" da moldura que sustenta e articula um quadro. O quadro é a obra-prima da Evangelização, sentido e finalidade de toda a "Revisão Ampla".
Eis agora o resultado desse bom trabalho. Ele está em nossas mãos para melhor ressaltar a essência do quadro: a Evangelização. Ele é entregue e confiado à "vontade boa" de cada um. Sem essa "boa vontade" nada fizemos e todo o processo não terá tido nenhuma utilidade.
Esta "vontade boa", que já emergiu durante todo o processo, permanecerá sem dúvida e nos levará à implementação do que já foi definido e a realizar o que ainda falta, a saber, aprimorar as normas orientadoras e as diretrizes para cada área de atuação pastoral, em cuja definição está  se engajando também toda a Província Eclesiástica de Campinas.  É uma grande oportunidade para a nossa diocese!
Meu agradecimento ao Padre Jucimar pela boa intuição e pelo trabalho realizado com empenho, serenidade e eficiência.
Caro, Padre Cido, agora é a sua vez! Vamos lá, em nome de Nosso Senhor!
Saúdo a todos, relembrando palavras de São Francisco de Assis ditas nos últimos dias de sua vida: "Vamos começar a servir a Deus, meus Irmãos, porque até agora fizemos pouco ou nada!" E "por tudo quanto posso, vos confirmo, dentro e fora, a santíssima bênção de nosso Deus e Pai".

Piracicaba, 17 de dezembro de 2010

Dom Fernando Mason - Bispo de Piracicaba



      VI Plano de Pastoral
Diocese de Piracicaba -  2011-2014
Introdução
1. Atentos ao dinamismo da sociedade como um todo, a Diocese de Piracicaba, através da contribuição dos leigos e leigas, seminaristas, religiosos e religiosas, diáconos, presbíteros e bispo, refletiu durante a Revisão Ampla sobre as atividades realizadas em âmbito diocesano, regional e paroquial, marcando um processo saudável na identificação de algumas prioridades para os próximos quatro anos (2011-2014).
2. A metodologia utilizada para este fim foi a de consultar todas as instâncias ligadas à diocese, analisando a realidade que não deixa de ser sempre um desafio para todos, senão o risco que corremos seria uma visão subjetiva dos fatos que nos interpelam e que são fundamentais para atingirmos qualquer objetivo traçado.
3. Confiantes de que buscamos um olhar crítico e responsável sobre a nossa diocese, apontamos caminhos estabelecidos através das assembleias que proporcionaram o desejo de transformação, restabelecendo uma nova dinâmica, um novo olhar a partir do recente Documento de Aparecida (2007), como também das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (2008-2010).
4. O tema escolhido para o processo foi “De fiéis batizados a discípulos missionários” e o lema, ”Diocese de Piracicaba: escuta, segue e anuncia o Cristo”.
5. “O projeto pastoral da diocese, caminho de pastoral orgânica, deve ser resposta consciente e eficaz para atender às exigências do mundo de hoje com indicações programáticas concretas, objetivos e métodos de trabalho, formação e valorização dos agentes e a procura dos meios necessários que permitam que o anúncio de Cristo chegue às pessoas (...). Esse projeto diocesano exige acompanhamento constante por parte do bispo, dos sacerdotes e dos agentes pastorais.” (cf. DAp 371).
6. Isso nos provoca à busca permanente pelo amadurecimento dos fiéis batizados, que em grande parte acabam não fazendo a passagem de uma fé costumeira para o compromisso vivo e maduro com a pessoa de Jesus Cristo, através do seguimento e da missão. Somos chamados a sair do comodismo de uma comunidade que aguarda, espera, para uma comunidade que se abre e vai além de suas próprias estruturas. 7. As estruturas que temos nos dão a impressão de que estamos no caminho certo, seguro, mas sabemos que muitas delas já não favorecem ou não atingem de maneira satisfatória a Evangelização.
8. “Acolhendo a conclamação da Conferência de Aparecida, nossas comunidades eclesiais são chamadas a uma verdadeira conversão pastoral. Essa conversão exige que se vá para além de uma pastoral de mera conservação para uma pastoral decididamente missionária.” (DGAE 46)
9. Todas as pastorais, movimentos, associações e outros organismos que compõem a diocese fazem parte de nove comissões que procuraram, conforme a realidade de cada uma, olhar para a pastoral orgânica e seus fundamentos, que expressaram a necessidade de aprimorar o próprio caminho. Elas sustentaram todo este processo e permanecem como nova estrutura organizativa da diocese.
10.  A partir de assembleias diocesanas, as prioridades para os próximos anos ficaram assim definidas:



As atividades da Comissão

Bíblico-Catequética têm como objetivos oferecer um itinerário de iniciação e formação permanente, sistemática e progressiva na fé, na esperança e na caridade, introduzindo a pessoa na vida da comunidade, na celebração e vivência dos mistérios da fé cristã, no seguimento de Jesus Cristo, com suas implicações na maneira de conviver e no compromisso com a transformação da realidade, valorizando a Palavra de Deus na Bíblia como fonte de vivência comunitária e da missão da Igreja e de cada cristão.

Prioridades desta comissão

A curto prazo.  Contemplar uma Catequese Permanente englobando as etapas Batismo, Eucaristia, Crisma, adultos e bíblica, visando a um trabalho em conjunto com as pastorais e movimentos.

A médio prazo.  Mudar a estrutura atual do método catequético para uma evangelização de inspiração catecumenal, orientada pelo modelo do Ritual de Iniciação Cristã.

A longo prazo.  Elaborar um roteiro diocesano para a realização do processo catequético, em sintonia com a Comissão Animação Missionária.

ESTA É A NOSSA MISSÃO. MÃOS À OBRA! CONTO COM VOCÊ!

Nenhum comentário:

Postar um comentário