terça-feira, 19 de julho de 2016

Escola de Atualização Bíblico-Catequética da Regional Sul I da CNBB


Dia do Catequista: Aprender para melhor evangelizar
Todos somos evangelizadores por sermos batizados. Poucos são vocacionados a ser catequistas. Uma evangelização eficaz, solicita a cada catequista uma busca constante para o conhecimento da Palavra de Deus. Ao transmitir a Palavra de Deus, não estamos nos posicionando a respeito de um assunto qualquer, mas da vida pratica de Jesus Cristo, que revelou para toda a humanidade o rosto humano de Deus.
Com o objetivo de contribuir com a educação continua das pessoas que aceitaram o chamado para ser catequista, nasceu a Escola de Atualização Bíblico-Catequética da Regional Sul I da CNBB. Este ano teve como tema " Caminho do Discipulado" e como Lema " Fala Senhor na nossa voz" (At 8, 26-40). Dia 30 de Junho tivemos duas importantes aulas. " Comunicação e Catequese" com o professor Felipe Zangari. A comunicação é fundamental para que o projeto de Jesus Cristo chegue a todos. Como está a comunicação na catequese? Como estamos comunicando Jesus Cristo aos catequizandos?  Padre Luís Gonzaga Bolinelli, através de uma oficina, desenvolveu o tema: " Ministério do Catequista: Mensageiro da misericórdia".  Deus usou de misericórdia, para que sejamos misericordiosos. Estou anunciando a misericórdia de Deus, praticando a misericórdia? Como Igreja estamos sendo misericordiosos?
Dia 1º de Julho Padre Guilherme Daniel Michelett, mostrou a importância da harmonia entre "Catequese e Liturgia". A melhor catequese sobre a Eucaristia é a própria Eucaristia bem celebrada. Bento XVI. Como está a transmissão da importância da participação na Celebração Eucarística, para os catequizandos? Como catequistas somos modelos para os catequizandos, participando constantemente nas celebrações dominicais? Celebrar é um ato especial com a participação da comunidade e do presbítero. Os cristãos se reúnem para celebrar. Quem celebra não é somente o padre, mas todo o povo reunido celebra. Padre Jordélio nos orientou no encontro noturno, sobre a Catequese Junto a pessoa com deficiência.
Dia 02 de Julho, Padre Boris Agustín Nef Ulloa, em sintonia com o Ano da Misericórdia, ministrou aula sobre: " Jesus fonte de misericórdia: Evangelho de Lucas". O que sabemos de Jesus Cristo através dos Evangelhos Sinóticos? Qual o rosto de Jesus Cristo revelado pelo Evangelista Lucas? O Evangelho de Lucas tem duas características importantes: Misericórdia e Salvação. A parábola do Bom Samaritano é um exemplo marcante de quem deseja descobrir o que é misericórdia.
Dia 03 de Julho, Irmã Rosangela Aparecida Fontoura, ajudou-nos a entender que ser catequista começa pela compreensão de " Mística e Espiritualidade". Somos catequista mistagógicos? Temos destinado um tempo para nossa preparação pessoal para transmitir a Palavra de Deus para os catequizandos? Estamos nos reunindo para rezar antes de dialogar com nossos catequizandos? É fundamental para o catequista ter uma vida de oração. Saber silenciar para ouvir a voz de Deus.
Todos os dias tivemos Celebração Eucarística presidida por Dom Tomé e concelebrada pelos padres presentes e um diácono.
Representaram a Diocese de Piracicaba: Neide Ferreira Casimiro, Gislene Bassani, Heloisa Helena Cruz, Antônio Carlos Casimiro e Domingo Nunes
Convido a todos os catequistas para que participem dia 28 de Agosto, a partir 14:00 da concentração e Celebração da Eucaristia que será presidida por Dom Fernando. Catedral de Santo Antônio.
Domingo Nunes
Coordenador Regional do Secretariado de Iniciação a Vida Cristã.




Nenhum comentário:

Postar um comentário