sábado, 23 de maio de 2015

SOLENIDADE DE PENTECOSTES




Assim diz o Senhor: “Derramarei o meu Espírito sobre todo ser humano, e vossos filhos e filhas profetizarão, vossos anciãos terão sonhos e vossos jovens terão visões” (Jl 3,1)

A Festa de Pentecostes, no 50º dia do Tempo Pascal, precisa retornar ao clima de profunda alegria e confiança. Com a força do Espírito Santo de Amor a Igreja se aventura pelo mundo, como continuadora das ações libertadoras de Jesus Cristo.

No livro dos Atos dos Apóstolos, Lucas apresenta a comunicação do Espírito Santo com base na tradição judaica dos 50 dias de comemoração da Páscoa.

FESTA JUDAICA-CATÓLICA
Também a festa de Pentecostes judaica é fonte da celebração cristã. Ambas as tradições bebem em festas populares ligadas ao cultivo da terra.  

Era para os judeus uma festa de grande alegria, pois era a festa das colheitas. Ação de graças pela colheita do trigo. Vinha gente de toda a parte: judeus saudosos que voltavam a Jerusalém, trazendo também pagãos amigos e prosélitos. Eram oferecidas as primícias das colheitas no templo. Era também chamada festa das sete semanas por ser celebrada sete semanas depois da festa da Páscoa, no quinquagésimo dia. Daí o nome Pentecostes, que significa "quinquagésimo dia".

O povo judeu celebrava Pentecostes como a festa da colheita dos frutos da terra. Depois que se urbanizou, com o Templo, por exemplo, em Jerusalém, Pentecostes passou a celebrara entrega do Decálogo, por Deus a Moisés. O Decálogo é a lei dos Dez Mandamentos. Deus ofereceu a base para a organização de um povo livre. O quinto mandamento coloca a vida como centro da Lei: defender e promover a vida.

No Cristianismo a Festa do espírito Santo é a entrega da Lei Nova para o Novo Povo de Deus. A Lei do Amor é o estilo de vida do novo povo na nova aliança.
Também no aspecto religioso, temos o processo semeadura e colheita do fruto que é dado. Na Liturgia Católica, Pentecostes encerra o Tempo Pascal.

CINQUENTA DIAS
Pentecostes são cinquenta dias em celebramos a Páscoa da Ressurreição. Pentecostes é palavra grega que significa CINQUENTA. Não significa Espírito Santo. A comunicação do Espírito Santo aconteceu em momento grandioso, quinquagésimo dia da Páscoa.

A Festa Judaica dava ênfase ao encerramento das sete semanas da festa da colheita. Para os cristãos, o fruto que colhemos da Páscoa de Jesus Cristo é o Espírito Santo. È o Amor.
No último dos cinquenta dias da Páscoa, nós fechamos o período de festas, com o fruto exclusivo da Páscoa: o Amor do Pai e do Filho derramado sobre nós. É o Espírito Santo.

LINGUAGEM ÚNICA
O acontecimento do Espírito Santo em Atos dos Apóstolos, não é uma reportagem de um fato. Lucas é o catequista que mostra como o Espírito Santo atua para transformar.
 O Espírito Santo faz questão de que todos se entendam. Os apóstolos falaram aramaico e todos entendem. Hoje, embora falando idiomas diferentes, a diferença não é tanta que não nos possamos nos entender.
A confusão de línguas deu-se em Babel (Gn11, 1-9). A compreensão aconteceu com o Espírito Santo de Amor. Por isso, o Amor é o dom mais alto. É o que dá base e sentido para todos os outros dons. É o carisma que marca o comportamento das pessoas na comunidade. É o carisma que serve de distintivo dos seguidores de Jesus Cristo. O Amor não serve como promoção pessoal, mas para promover a comunhão na comunidade. O Amor basta!  
  
  A IGREJA NASCEU NO ESPÍRITO SANTO
 Ela é movida, sustentada, guiada por Ele. Enfim, sem o Espírito Santo fica difícil pensar em Igreja, assim também nos membros dela. Nós não podemos e não conseguiremos viver sem o sopro do Espírito.
O Espírito Santo é invocado nos sacramentos. Como é maravilhoso perceber que, nas fases da vida cristã, recebemos essa força do Senhor! No batismo, somos batizados em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Quando somos perdoados no sacramento da penitência, somos perdoados pelo Espírito enviado do Pai e do Filho, e assim todos os sacramentos são realizados pela ação do Espírito.
 QUEM É O ESPIRITO SANTO?
O prometido por Jesus: "...ordenou-lhes que não se afastassem de Jerusalém, mas que esperassem a realização da promessa do Pai a qual, disse Ele, ouvistes da minha boca: João batizou com água; vós, porém, sereis batizados com o Espírito Santo dentro de poucos dias" (At 1,4-5).
Espírito que procede do Pai e do Filho: "quando vier o Paráclito, que vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade que vem do Pai, ele dará testemunho de mim e vós também dareis testemunho..." (Jo 15 26-27). O Espírito Santo é Deus com o Pai e com o Filho. Sua presença traz consigo o Filho e o Pai. Por Ele somos filhos no Filho e estamos em comunhão com o Pai.

QUAL A MENSAGEM DE PENTECOSTES?

A mensagem vem , sobretudo das leituras dessa solenidade, que são sempre as mesmas: Atos 2,1-11; 1 Coríntios 12,3b-7.12-13; João 20,19-23. Eis alguns temas que deveriam ser aprofundados. 1. O supremo dom do Pai e de Jesus a humanidade é o Espírito Santo. 2. Soprando sobre os discípulos, Jesus esta recriando a humanidade mediante o sopro do Espírito. 3. Recebendo o Espírito de Jesus, os cristãos recebem igualmente a mesma missão. 4. O Espírito é dado a todos. Ninguém fica sem ele, e ninguém o possui plenamente. 5. O Espírito leva a humanidade a formar uma só família, no amor, diferentemente de Babel-confusão, em que as pessoas não se entendem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário