terça-feira, 23 de dezembro de 2014

FIM DE ANO

AMIGOS (AS) CATEQUISTAS!!!
          É muito bom atar e reatar laços com você, a cada texto que é postado, ou em cada atividade realizada e nos reencontrarmos reciprocamente pela missão comum de catequistas do Reino.
     “Inquilinos do tempo” chegamos ao final de mais um ano e deparamos com 2015 e seus apelos ainda misteriosos, mas que acionam nossa esperança.
    Certamente temos muitas razões para cantar como o salmista: “Senhor, eu te agradeço se todo coração, proclamando todas as tuas maravilhas! Eu me alegro e exulto em ti, e toco ao teu Nome, ó Altíssimo!” (Sl 9,2-3). Podemos elencar algumas:
·         A dedicação de tantos catequistas que se consomem para manter acesa a chama da fé nos corações das pessoas e nas comunidades;
·         A celebração dos 70 anos de implantação de nossa Diocese, em 7 de junho, com memorável festa;
·         Nossas atualizações nas regiões durante o ano, envolvendo catequistas da Iniciação Cristã;
·         O presente da exortação apostólica “A ALEGRIA DO EVANGELHO”, do papa Francisco, um grande alento para toda a ação evangelizadora da Igreja, e confirma que a catequese não é doutrina, mas deve ser espaço para aprofundar a infinita misericórdia do Pai e que todo sentido da vida deve estar alicerçado na Boa Nova de Jesus Cristo;
·         A canonização, dia 3 de abril, de São José de Anchieta, e a consequente declaração dele como Patrono da Catequese;
·         A busca de caminhos novos para a Catequese, no Seminário sobre Iniciação à Vida Cristã, em São Caetano do Sul (SP), de 6 a 9 de novembro.

     Enfim, tantos outros acontecimentos que deu-nos a certeza de que Deus continua realizando maravilhas, em seu caminhar conosco.

    Por isso como os pastores acorramos, jubilosos a Belém, depositamos na manjedoura frutos generosos e demos glória grande mistério da Encarnação, que fundamenta todo o esforço na catequese, unirmos fé e a vida, na vivência da comunidade.
   Entregamos também as falhas do caminhar, omissões e desânimos, na certeza de que, revestidos pela luz do Deus Menino, seremos iluminados para iluminar no ano novo que está às portas.
   Feliz e Santo Natal! Um Ano Novo cheio de alegria, esperança, fé e muito ânimo no serviço pastoral!    

 Meu abraço, carinho, amizade e minha bênção a você e toda sua família,
       Diác. Flori


                                         

Nenhum comentário:

Postar um comentário