terça-feira, 4 de setembro de 2012

SETEMBRO: MÊS DA BIBLIA - 2012

                                                                                                             

 
“Não cesseis de falar deste Livro da Lei. Medita nele dia e noite, para que procures agir de acordo com tudo o que nele está escrito. Assim farás prosperar teus caminhos e serás bem-sucedido” (Js 1,8)

 

            Seguindo a exortação do próprio Livro Santo precisamos sempre aprofundar sua leitura e seus ensinamentos, e por mais que o lemos e meditemos nunca vamos chegar a esgotá-lo, pois não é um simples Livro, mas fala de VIDA. Da VIDA de um povo e sua experiência de Deus. Portanto, a Bíblia não é um fim em si mesma, mas quer nos revelar a face de um Pai Amoroso e Providente  para que entendamos que somente Nele encontramos refúgio.

            Devemos tomar consciência que a Bíblia é uma carta de amor cujo remetente é DEUS e o destinatário é VOCÊ. É um dos lugares privilegiados para fazer uma experiência de Deus. Na oração falamos a Ele e na Bíblia O escutamos. Mas... Atenção: é um dos lugares privilegiados, pois a Comunidade e a Eucaristia também são de suma importância e onde também Deus está presente, pois a Bíblia é um Livro escrito em mutirão, e é na Comunidade que deve ser entendida e vivenciada.

            Ignorar as Sagradas Escrituras é ignorar Jesus Cristo” (São Jerônimo)

            A importância da Sagrada Escritura encontramos nela mesmo: II Tm 3,16-17: “Toda Escritura foi inspirada por Deus e é útil para ensinar, para argumentar, para corrigir, para educar conforme a justiça. Assim a pessoa que é de Deus estará capacitada e bem preparada para toda boa obra”

            Nos seus mais de 2000 anos, a Igreja que berçou, conservou e transmitiu a Bíblia sempre a teve como fonte de vida, por isso todos os dias é dia da Bíblia, mas para que possa ser mais enfatizada e realçada, a Igreja dedica um mês em especial.

            POR QUE SETEMBRO?

Por que este mês celebramos a festa litúrgica de São Jerônimo, o grande tradutor da Bíblia.

O Papa Dâmaso I, 36º sucessor de Pedro, pediu a Jerônimo que traduzisse a Bíblia do hebraico, aramaico e grego para o latim, o idioma da população na época, isso em 381 de nossa era.

Jerônimo, um dos homens mais sábios de seu tempo, atendeu ao pedido. Esta tradução chamou-se “Vulgata”, que quer dizer “vulgo” isto é, “do povo”. A realização deste trabalho durou 35 anos, norteado por muita oração e jejum, numa gruta em Belém. 

Jerônimo morreu em 420. Ele é o padroeiro de todos os leitores e estudiosos da Bíblia. Sua festa é dia 30 de setembro, quando se celebra o Dia da Bíblia.

COMO NASCEU O MÊS DA BÍBLIA?
           O Mês da Bíblia surgiu em 1971, por ocasião do cinquentenário da Arquidiocese de Belo Horizonte, Minas Gerais. Foi levado adiante com a colaboração efetiva do Serviço de Animação Bíblica – Paulinas (SAB), até posteriormente ser assumido pela Conferência dos Bispos do Brasil (CNBB) e estender-se ao âmbito nacional.

         E desde então todos os anos é feito um estudo de um livro da Bíblia, ou parte dele

         A proposta para o mês de setembro de 2012 é o estudo do Evangelho segundo Marcos associada ao Projeto nacional de Evangelização: O Brasil na missão Continental.       

         Este projeto foi elaborado pela América Latina após a Conferência de Aparecida e reassumido pela Assembléia dos Bispos do Brasil em 2011.

        O Evangelho segundo Marcos foi escolhido em sintonia com o ano Litúrgico que estamos vivenciando, o qual, juntamente com o Projeto Nacional de Evangelização, nos ajudará a revisitar os escritos da Comunidade de Marcos, percorrendo os cincos aspectos fundamentais do processo de formação do discípulo missionário: o encontro com Jesus Cristo, a convenção, o discipulado, a comunhão fraterna e a missão.

            O tema escolhido pela Comissão Bíblico-Catequética da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) é: Discípulos Missionários a partir do Evangelho de Marcos, e o lema é: Coragem!Levanta-te!Ele te chama! É a expressão presente na narrativa da cura do cego Bartimeu em Mc 10,49. È um texto relevante em Marcos, que nos mostra cada etapa do processo de discipulado e de seguimento de Jesus Cristo.
Com esse projeto da CNBB e o aprofundamento do Mês da Bíblia, damos um novo passo na nossa ação evangelizadora, em continuidade com as ricas experiências e conquistas da Animação Bíblica no Brasil, que tem por objetivo proporcionar a todos os batizados uma experiência mais profunda da fé cristã, possibilitando um encontro pessoal com Jesus Cristo vivo e, por ele, com o Pai, no Espírito Santo.

        
A Bíblia é Palavra não de um imperador ou de um sábio ou de um historiador. É PALAVRA DE DEUS.

Se Deus aparecesse na praça, e fosse distribuindo folhetos com mensagens, não sairíamos de casa, correndo para aquela praça, para receber aqueles folhetos?

É o que acontece com a Bíblia. Ali é Deus que se comunica conosco, comigo, com você, com todos. Por isto amamos a Bíblia. Mais, temos veneração, paixão pela Bíblia, e a colocamos em lugar de honra.

Quando rezamos, falamos com Deus. Quando lemos a Bíblia, é Deus que fala conosco.

Ter um lugar de honra para colocar a Bíblia é importante, mas o mais importante é ler, refletir, guardar e viver seus ensinamentos.

Que o mês de setembro sirva de estimulo para tenhamos não um mês da Bíblia, mas que em todos os dias aprofundemos no estudo do texto sagrado.

            Tomara que você possa cada vez amar a Palavra de Deus, pedindo as luzes do Espírito Santo que possa compreendê-la cada vez melhor, para poder vivê-la.

            A leitura da Sagrada Escritura, deve ser acompanhada de oração, para que seja possível o colóquio entre Deus e o homem” (Dei Verbum)

            A oração seguinte vai como sugestão:

 
Meu Senhor e meu Pai!
Envia Teu Santo Espírito para que eu compreenda e acolha Tua Santa Palavra!
Que eu Te conheça e Te faça conhecido; Te ame e te faça ser amado; Te sirva e Te faça ser servido; Te louve e Te faça ser louvado por todas as criaturas.

Faz, ó Pai, que pela leitura da Palavra, os pecadores se convertam, os justos perseverem na graça, e que todos tenhamos Vida e Vida em abundância (Jo 10,10).
Amém!

           

 


 

4 comentários:

  1. não sabia de todas esssas informações obrigado!

    ResponderExcluir
  2. Olá Boa noite, gostamos tanto desta postagem das informações contidas, que tomamos a liberdade de postá-lá em nosso Site da Paróquia claro que com todos os devidos créditos Á vocês. Abraços. se tiver Algum problema nos avise que não postamos.

    ResponderExcluir
  3. Olá Povo de Deus. Estou fazendo um blog da nossa catequese aqui de Blumenau - SC. Mas algumas coisas não estou conseguindo fazer. Já li várias vezes as regras, mas não consegui realizar. Meu msn marciacad@hotmail.com, ou me face Marcia Eliane Cardoso. Se alguém puder me ajudar agradeço desde já.

    Forte Abraço

    Márcia

    ResponderExcluir
  4. O LIVRO DA VIDA
    (ES.12)
    (JB.6.45) – ESTÁ ESCRITO NOS PROFETAS: (IS.34.16) - BUSCAI NO LIVRO DO SENHOR E LEDE (ES.87.8) – AO ESPÍRITO DO NOSSO SANTO GUIA, NESTE MEU SER QUE É PREDESTINADO, RECOMPONDO ESSES CARACTERES, DESSA FORMA: (148 letras e 8 sinais)
    (JB.19.28)- Depois, vendo Jesus que tudo já estava consumado para se cumprir a Escritura, disse: (1SM.12.3) – Eis-me aqui, (DN.9.24) – para dar fim aos pecados, para expiar a iniqüidade, para trazer a justiça eterna:(JB.8.25) – Que é que desde o princípio vos tenho dito? (LC.12.2) Nada há encoberto que não venha a ser revelado; e oculto que não venha a ser conhecido:(LE.3.1) – Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu; (2PE.3.4) porque desde que os pais dormiram, todas as cousas permanecem como desde o principio da criação:(AP.14.13) Então, ouvi uma voz do céu, dizendo: Escreve: (BC.4.4) – Ditosos somos, ò Israel; porque as cousas que agradam à Deus nos são manifestas: (JS.1.8) – Não cesses de falar deste livro da lei, antes, medita nele dia e noite, pára que tenhais cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; (JB.13.15) – porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também: (LC.16.17) – E é mais fácil passar o céu e a terra do que cair um til sequer da lei: (ÊX.3.6) – Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: (EC.24.32) – Tudo isto é o livro da vida, e o testemunho do Altíssimo, e o conhecimento da verdade: (IS.46.8) – Lembrai-vos disto e tende ânimo, tomai-o à sério, ó prevaricadores; (EC.28.7) – porque a corrupção e a morte estão a cair sobre aqueles que quebrantam os mandamentos do Senhor: – (IS.24.5) – Na verdade a terra está contaminada por causa dos seus moradores, porquanto transgridem as leis, violam os estatutos e quebram a aliança eterna: (SL.14.3)–Todos se extraviaram e juntamente se corromperam; (SL.106.33)- pois foram rebeldes ao Espírito de Deus, e Moisés falou irrefletidamente: (RM.6.19) - Falo como Homem por causa da fraqueza da vossa carne: (LC.16.9) – E eu vos recomendo: Buscai n’A BIBLIOGÊNESE DE ISRAEL, o poder do saber viver sob a proteção de Deus; (RM.8.22) – porque sabemos que toda a criação, a um só tempo geme, e suporta angustias até agora:
    ESCREVI ESSE RESUMO, AGINDO COMO UM DOS SANTOS PROFETAS, LENDO NOSSO CARATER, E CRIANDO O LIVRO QUE DÁ SENTIDO À SANTA VIDA, PELO SENHOR DEUS: ESSE SÁBIO PR OFETA É CRISTO, E TEREIS PODER: (IL.148.8)

    ResponderExcluir