domingo, 23 de setembro de 2012

PRIMAVERA UMA ESTAÇÃO MARAVILHOSA (23/9/2012)


 
Veja: o inverno já passou!” (Ct 2,11)
 
 
 
PRIMAVERA UMA ESTAÇÃO MARAVILHOSA (23/9/2012)

 
Queridos irmãos e irmãs, a primavera chegou. Abra seu coração, pois Deus quer lançar uma semente dentro dele.

 



  Quando a Bíblia Sagrada foca esta estação colorida, nos passa grande lição. Diz que a vida, a beleza e o vigor da juventude, são coisas passageiras, e a Palavra de Deus é eterna: “Na verdade o povo é relva. Seca-se a relva e cai a sua flor; mas a palavra do nosso Deus permanece para sempre” - Isaías 40. 7 b – 8).
        O livro Cântico dos Cânticos focaliza a primavera. Nele, temos um dos mais belos romances do Antigo Testamento retratado através da antiga poesia oriental. Encontramos belos versos falando sobre o amor de Salomão pela noiva Sulamita e vice-versa. O livro mostra o relacionamento puro deles, tão puro que é alçado ao nível do amor de Cristo pela Igreja.
       O sentimento correspondido de ambos é algo que os torna sensíveis e leves, torna seus olhos comuns em olhos mais aguçados e preparados para capturarem os detalhes mais sublimes e belos que o Criador fez: “Aparecem as flores na terra; chegou o tempo de cantar; e já se ouve o arrulhar da rolinha em nossa terra. A figueira começa a dar os seus primeiros figos; as vinhas estão em flor e espalham as suas fragrâncias...” (Ct 2.12-13).
          Não é por acaso que a fase do apogeu do ser humano, quando a força e a beleza estão no seu ápice, é chamada de “a flor da idade”, inclusive o livro de Salmos, capítulo 1, ao nos dizer que seremos bem-aventurados quando frutificarmos na estação certa.
         A primavera é a mais linda das quatro estações. É a época da poesia, é quando Deus distribui flores para todos nós!

 
 
   Ao cantar dos pássaros devemos nos lembrar da Providência Divina: Não se vendem dois pardais por uma moedinha? No entanto nenhum cai no chão sem o consentimento de vosso Pai. Vós valeis mais do que muitos pardais” (Mt 10, 30.31) .

Que nos “invernos” de nossa vida, quando sentimos que o frio das dificuldades, das amarguras querem nos consumir aproveitemos o reverdecer das plantas e deixemos nosso coração abrasar-se pela Palavra de Deus que nos fortalece e inundemos a nossa vida de radiante esperança: “pois uma arvore tem esperança; mesmo que a cortem tornará a brotar, e não faltarão os seus ramos. Se envelhecer na terra a sua raiz e morrer o seu tronco no pó, ao cheiro da água rebrotará e produzirá folhagem como planta nova” (Jó 14, 7-8)

 

        Que o Mestre de Nazaré nos inspire a nas turbulências, preocupações e correria da vida, tenhamos a coragem de parar e admirar a natureza como Ele fazia:Olhai os pássaros do céu ...olhai os lírios do campo” (Mt 6, 26.28)




Peça ao Senhor a chuva de primavera, pois, é o Senhor quem faz o trovão, quem manda a chuva e lhes dá as plantas do campo. (Zc 10,1)
 
Que na graça e benção do Senhor da Vida,
haja sempre primavera em seu coração!



  
 
 
  Deixe germinar a semente do amor, da paz, da fraternidade... Um grande abraço...Feliz Primavera...

 
Diác. Flori

Um comentário:

  1. Quando entrar Setembro...

    Lendo este artigo, veio rapidamente esta música em minha mente...

    Agora, a "reflexão"...cada um faz a sua, não é mesmo meu caro diácono Flori!!!

    Feliz primavera!


    Márcia Cristina Ferreira
    Catequista
    Catanduva-SP

    ResponderExcluir